[lastupdated before="Last update:"]
Imagem de Fundo

13 dicas para comprar voos baratos

Autor: Nós2 de Mochilão em 7 agosto 2016

Todos sabem que no momento do planejamento da viagem o mais difícil é comprar as passagens, que nem sempre possuem um preço atrativo. Sempre nos perguntam como achamos passagens mais baratas, se existe alguns truques de pesquisas, etc. Sendo assim, compartilhamos agora com vocês o que fazemos para encontrar passagens mais atrativas e encontrar os voos baratos.

1 – Busque sempre pela internet

Todos sabem que comprar os voos diretos na internet é mais barato do que comprá-los em agências de viagens. Não existe uma resposta definitiva sobre qual é o melhor site ou o mais recomendado. Comprar voos é uma arte e requer muita paciência e pesquisa. Existem alguns sites seguros que ajudam encontrar os melhores preços: Google Fligths – Kayak – Skyscanner – Momondo.

Esses sites permitem encontrar o voo que necessita com as melhores ofertas. Muitos deles permitem criar contas e avisos de alertas de preços mais econômicos sobre os voos que estão procurando. São excelentes ferramentas de procura, super seguras e que te ajudam economizar na hora da passagem. Quando encontramos bons preços por esses sites seguimos a dica 2 para ter certeza.

2 – Não se esqueçam das companhias aéreas

Muitos sites cobram um valor extra como comissão para conseguir preços melhores nos voos. Por isso, não podemos esquecer de sempre olharmos diretamente o site das companhias. Algo que pode ser útil é se cadastrar nos sites e receber e-mails com as promoções. As companhias aéreas possuem esses usuários como prioridade para enviar ofertas primeiro a eles.

3 – Se manter informado

Muitas vezes não basta apenas se cadastradar e receber e-mails. Recomendamos que vocês sigam as redes sociais das companhias e dos sites que sugerimos no item 1.  Em geral as redes sociais desses sites publicam informações valiosas e ofertas relâmpagos.

4 – Não pesquisar apenas uma vez

No momento das buscas o ideal é se tornar um investigador de preços. Nunca pesquise apenas uma vez e sempre antes de comprar a primeira oferta sugerida, compare entre várias opções e diferentes rotas.

5 – Seja flexível

Algo que ajuda bastante na hora de economizar na passagem é ser flexível com o tempo da viagem. Quando forem buscar por um voo, façam combinações diferentes de datas. Por exemplo, se querem viajar no dia 20 de agosto, busquem também o dia 17, 18, 19, 21, 22 etc. Dias próximos à data de ida e também de regresso.

Dessa maneira terão várias opções de preços.

6 – Dias e horários mais baratos

Existem muitos mitos sobre os dias e horários em que os voos estão mais baratos. A verdade é que não importa o dia que façam a compra, nem a hora. O importante é o dia e a hora que pretendem viajar.

Podem esquecer todos os mitos e não precisam acordar de madrugada na terça-feira para procurar passagens. E pulem para a próxima dica.


Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?


7 – Viaje quando ninguém mais quer viajar

Viajar na sexta, domingos ou segundas normalmente é mais caro. Nesses dias o fluxo de pessoas que viajam a trabalho é muito grande. Procure viajar sempre entre a terça e quinta-feira e também no sábado.

Busque sempre um horário fora do convencional, ou seja, bem cedo ou bem tarde da noite.

Essa é uma dica importante para comprar passagens baratas. Também busque sempre viajar no período da baixa temporada, que são datas que normalmente a maioria das pessoas estão trabalhando. Sem feriados nacionais, férias etc. Alta temporada seria os meses de Dezembro – Janeiro – Julho – semana santa – finais de semanas prolongados com feriados – festas comemorativas. A baixa temporada normalmente ocorre entre os meses de abril a maio e outubro a novembro.

8 – Ofertas de baixa temporada

As companhias sabem quem na época da baixa temporada o número de viajantes é menor. Por isso acabam fazendo mais promoções e abaixando os preços nessa época, para atrair mais passageiros.

Em janeiro começam as ofertas para abril e maio, em setembro as ofertas são para outubro e novembro (nacionais). Fique atento aos sites e redes sociais para conseguir a melhor oferta.

9 – E se podem viajar apenas na alta temporada

Muitas pessoas não podem viajar na época da baixa temporada, seja pelo trabalho ou por alguma outra razão. Para as pessoas que precisam viajar na alta temporada, recomendamos que comprem as passagens aéreas com muita antecedência. As pessoas creem que para viajar a outros países é muito caro porque sempre deixam para comprar os voos de última hora. Planejem e vejam que conseguirão economizar. O dinheiro economizado com passagens pode ser utilizado para novas experiências e novos destinos.

Quanto tempo antes da viagem é o correto para comprar as passagens?

Essa é a dúvida de muitas pessoas, então anotem ai.

Se buscarem voos com um ano de antecedência, seguramente encontrarão preços muito altos. Isso porque as companhias aéreas ainda não sabem qual será a demanda de passageiros, e aumentam os custos para não terem prejuízos futuros. Com 30 dias ou menos de antecipação, também será um mal tempo. Se buscarem voos com pouco tempo, as companhias acham que o passageiro não tem mais opções a não ser viajar naquela época e por isso aproveitam e colocam os preços mais altos.

O melhor é comprar entre cinco à oito meses de antecedência, os voos internacionais se for em alta temporada. De três até cinco meses, em baixa temporada. Para os voos nacionais, dois meses de antecedência são suficientes.

10 – Não fujam dos banners

Muitos bloqueiam (ou ignoram) as propagandas na internet. Mas muitas vezes essas publicidades servem para conseguir voos mais econômicos. Quando uma companhia percebe que uma pessoa está procurando passagem em diversos sites, rastreiam a busca e oferecem ofertas através dos banners que não haviam encontrado antes.

11 – Navegação privada ou por outros navegadores

As empresas de internet (anunciantes e e-commerces) conhecem seu comportamento e de certa forma tem acesso a quase tudo que você pesquisou por aí. Os anunciantes e os sites das empresas áreas e rodoviárias utilizam esse comportamento para definir o preço de sua passagem e muitas vezes conseguem te vencer pelo cansaço. Uma boa dica é utilizar a navegação privada ou até mesmo utilizar outros navegadores para que as ofertas e os sites não utilizem as referencias anteriores para lhe oferecer um preço. Também recomendamos limpar os cookies de seu navegador de tempos em tempos para que sempre tenha um preço atualizado.

12 – A Lei Dominó

É importante sempre ter em mente a lei dominó quando for comprar passagens pela internet. Isso quer dizer que quando uma companhia fizer uma oferta, outras companhias também farão e muitas das vezes melhores. Sem dúvidas uma das melhores dicas é estarem sempre alerta às promoções de todas as companhias aéreas.

13 – Se liguem em nossas redes sociais

Aqui no blog, no facebook e instagram, sempre informaremos sobre as promoções que estão rolando. E também dando dicas de quais locais são melhores para viajar em determinadas épocas do ano. Então não perca tempo, sigam-nos e comecem a planejar a tão sonhada viagem.

 

Leia também

Curiosidades sobre San Pedro de Atacama San Pedro de Atacama é um povoado que está localizado na região de Antofogasta, ao norte do Chile. Um oásis no meio do deserto e tem fama internaciona...
Cachoeira do Tabuleiro Feriado chegando e nada melhor que planejar aquela viagem rápida e prazeirosa. Cachoeiras são sempre boas pedidas, com lindas paisagens e águas gelada...
Relato – Bolívia, Chile e Peru em 21 dias – Parte 1 Esse é o relato detalhado do roteiro de 21 dias pela Bolívia, Chile e Peru. Para ver o roteiro clique aqui. 1º dia Encontro em Guarulhos com galerin...
8 ótimos motivos para viajar a Santiago Santiago é a cidade perfeita para ser desbravada à pé. Isso porque é totalmente plana, principalmente no centro histórico com ruas exclusivas para ped...
Bolívia e Chile em 21 dias Essa é outra sugestão de roteiro para mochilão em parte da América do Sul. Dessa vez os países escolhidos foram apenas Bolívia e Chile em 21 dias. Com...
Tailândia, Laos e Camboja em 24 dias (B) Essa é a segunda planilha detalhada (ROTEIRO B) de nosso último mochilão pelo sudeste asiático! Como escrevemos no post anterior sem dúvidas foi uma d...