[lastupdated before="Last update:"]
Imagem de Fundo

8 ótimos motivos para viajar a Santiago

Santiago, Chile Autor: Nós2 de Mochilão em 15 dezembro 2016

Santiago é a cidade perfeita para ser desbravada à pé. Isso porque é totalmente plana, principalmente no centro histórico com ruas exclusivas para pedestres. Para te ajudar a descobrir a cidade, listamos alguns motivos para você nunca deixar de visitar nossos vizinhos em Santiago.

Centro histórico

O centro histórico de Santiago possui os principais monumentos e edifícios da cidade. Lembra muito os centros de grandes cidades europeias e nele encontramos lugares imperdíveis como o Mercado Central, o Palácio da Moeda, a Casa Colorada e a Plaza de Armas (principal praça da cidade) onde fica a catedral Metropolitana e o Museu Histórico Nacional.

Ver toda a cidade desde às colinas

san-cristobal

San Cristóbal – Mirador del Hundimiento

Para ver Santiago do alto, você nem precisará escalar as Cordilheiras, basta ir até os “Cerros Santa Lucía ou San Cristóbal” para ter uma das vista mais surpreendentes de toda a cidade.

Para chegar ao topo de Santa Lucía é necessário uma subida de 300 degraus, aja fôlego, mas todo esforço vale a pena. Pelo caminho irá se deparar com estatuas, canhões, chafarizes e muita história, tendo em vista que foi bem ali que Santiago foi fundada. Se Santa Lucía for a colina escolhida, não deixe de fazer um pedido na fonte e jogar uma moedinha, dizem que realmente funciona.

Já em San Cristóbal, através dos seus dez mirantes, dá para contemplar Santiago de forma espetacular. Também encontramos a estátua da Virgem Imaculada Conceição, com um pouco mais de 14 metros de altura. Como essa área pertence ao maior parque da cidade, o Metropolitano, o lugar da passagem para piscinas, parques infantis, zoológico, jardim japonês e uma grande área para piqueniques.

Dias nublados não são os indicados, pois provavelmente você não conseguirá ver muita coisa até mesmo por causa da poluição, mas em dias ensolarados a vista é compensadora.

Se perder pelos Bairros de Paris, Londres e Bellavista

bellavista-santiago-chileSem dúvidas esses são os bairros mais bonitos de Santiago. Todos carregam um ar bem europeu e muito tradicional com uma arquitetura colorida, cheia de bares e pubs.

Durante o dia são perfeitos para compras, já que esses bairros carregam grandes nomes de lojas. À noite se torna palco para badalação e degustação de bebidas. Qualquer um dos bairros que você visitar independente do horário te surpreenderá.

Gastronomia

A gastronomia de Santiago é incrível. É impossível visitar a cidade e não morrer de amores pelos sanduíches ou como chamam por lá “bocadillos barros jarpa ou barros luco” que são vendidos pelas ruas do centro.


Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?


Não dá para deixar de provar o mote con huesillos, a bebida mais refrescante do Chile, inclusive tem um ditado popular por lá que diz que não há nada mais chileno do que essa bebida. Feita com grãos de trigo cozidos, pêssego desidratado e canela, lembra muito um chá gelado.

Também será um pecado passar por lá e não comer mariscos frescos no Mercado Central e se deliciar com um pisco sour. Falando nisso nunca vá ao Chile e deixe de provar pelo um pisco sour, a famosa bebida elaborada com licor de uva, sumo de limão e clara de ovos. E nunca, nunca mesmo, diga a um chileno que o pisco sour é peruano e tão pouco ao contrário quando visitar o Peru. Isso pode desencadear o início da Terceira Guerra Mundial rs.

 Ver a troca de guardas e exposições no Palácio da Moeda

troca-de-guarda-santiago-chile

Troca de guarda

Em 1786 o palácio começou a ser construído para ser a fábrica de moedas do país, daí seu nome. Se tornou sede do governo em 1846 motivo pelo qual ainda guarda resquícios do golpe Militar que matou o Presidente Salvador Allende.

No Palácio da Moeda você sempre encontrará nos seus subterrâneos importantes e curiosas exposições, como a que nós pudemos ver em 2010, dos Guerreiros de Xi’an, isso porque lá abriga um centro cultural.

Além disso, é possível presenciar a belíssima troca de guarda a cada dois dias entre as 10:00 e 10:45 da manhã. Nos meses de janeiro, abril, maio, agosto, novembro e dezembro a troca se realiza sempre nos dias pares e nos meses de fevereiro, março, junho, julho, setembro e outubro nos dias ímpares.

Comprar artesanatos locais no Mercado de Los Dominicos

O Mercado de Los Dominicos não é um dos lugares mais conhecidos de Santiago, porém é bem interessante um passeio pelas ruas desse pequeno lugar onde se vende qualquer tipo de artesanato chileno. Desde souvenirs até objetos de decoração, sendo os mais diferentes já visto no país. Se você quer levar uma boa recordação da sua viagem a Santiago, esse é o lugar ideal para encontrá-la.

Visitar uma vinícola

Chile é um país referência na produção de vinhos, em seus vales estão guardados vinhos que estão à altura dos melhores do mundo e desde Santiago se pode visitar algumas das vinícolas mais importantes do país, como a famosa Concha y Toro. Com um casarão amarelo, cercado por belos lagos, os vinhedos se perdem de vista até chegarem aos pés da Cordilheira dos Andes.

A famosa adega Casillero del Diablo, armazena as melhores garrafas. E o nome se deu, pois ao perceber que sumiam garrafas misteriosamente, Don Melchor Concha y Toro o astuto proprietário, inventou uma história para assustar os funcionários, de que o diabo morava ali e assim, nenhuma outra garrafa sumiu.

Dá para fazer degustação de vinhos e levar a taça de lembrança para casa.

Dar uma escapada até Valparaiso e Viña del Mar

valparaiso

Valparaiso

Se vai viajar a Santiago, não deixe de colocar no roteiro uns dias para conhecer as cidades vizinhas que estão apenas a duas horas da capital, uma do lado da outra.

Valparaiso

É uma cidade portuária onde as casas são todas coloridas e se amontoam em vários morros dando a sensação de ser uma cidade de proporções enormes. Suas ruas são cheias de arte urbana e vários encantos. Não é à toa que foi considerada patrimônio da humanidade pela Unesco.

Espremida por 45 morros, Valpo, carinhosamente chamada por Pablo Neruda, ainda guarda a casa restaurada de 5 andares do poeta. La Sebastiana está aberta para visitação e é uma casa tridimensional, com amplas janelas para a baía, tudo planejado de acordo com a paixão de Pablo pelo mar.

Viña del Mar

É uma cidade litorânea, com modernos edifícios e um bonito castelo. Agitada no verão, Viña recebe vários turistas do mundo inteiro e também é palco do mais famoso festival de música do Chile (Festival Internacional de Canção de Viña del Mar), que acontece na última semana de fevereiro.

Conhecida também como cidade Jardim é famosa pelo relógio de flores coloridas que se tornou seu principal cartão postal.


E você já foi a Santiago? colocaria mais alguma dica? Compartilhe a sua experiência conosco =) Comenta aí!

Hospedagens no Chile? Procure por aqui e contribua com o blog



Booking.com

Leia também

Cachoeira do Tabuleiro Feriado chegando e nada melhor que planejar aquela viagem rápida e prazeirosa. Cachoeiras são sempre boas pedidas, com lindas paisagens e águas gelada...
10 lugares imperdíveis para visitar em Lima e seus arredores Ah nossa querida Lima, uma cidade cheia de contrastes. A capital Peruana é cheia de encantos, apesar de haver controvérsias. Fria e úmida apesar de qu...
Turismo consciente no Sudeste Asiático *Atenção esse post contém vídeo, escritas e imagens fortes, que podem sensibilizar e partir sua alma. A experiência de estar perto de um elefante sem...
Tailândia, Laos e Camboja em 24 dias (B) Essa é a segunda planilha detalhada (ROTEIRO B) de nosso último mochilão pelo sudeste asiático! Como escrevemos no post anterior sem dúvidas foi uma d...
Tailândia, Laos e Camboja em 24 dias (A) Saiu a planilha detalhada (ROTEIRO A)  de nosso último mochilão pelo sudeste asiático! Certamente uma das melhores viagens que fizemos em nossas vidas...
O que fazer na Chapada dos Veadeiros A Chapada dos Veadeiros está situada no coração do Brasil e é destino de vários mochileiros. Está no nordeste do estado de Goiás em uma extensão de 65...

Santiago, Chile

Como chegar