[lastupdated before="Last update:"]
Imagem de Fundo

7 dicas para você aproveitar o melhor de Ouro Preto

Ouro Preto - MG, Brasil Autor: Nós2 de Mochilão em 7 dezembro 2016

Uma das cidades mais lindas do Brasil, Ouro Preto é famosa por sua arquitetura colonial onde muitos episódios da história de nosso país se passaram. Próximo à capital mineira (cerca de 100 km) a cidade é patrimônio mundial da UNESCO e possui esse título desde 1980. Confira aqui as dicas que separamos da cidade e seus arredores:

Visitar as Minas

Uma atividade bem interessante e procurada é a visitação das muitas minas de ouro e metais preciosos em geral (não é atoa que o estado chama-se Minas Gerais). Damos destaques as seguintes minas:

Mina da passagem

corredor-de-acesso-a-mina-da-passagem-em-mariana-minas-gerais-1393459509345_956x500

Corredor de acesso – Mina da passagem

É a maior mina de ouro aberta a visitação do mundo, guarda segredos e mistérios até hoje. A descida para as galerias subterrâneas se faz de modo incomum, através de um trolley (parece um carrinho daqueles de montanha russa), que chega a 315m de extensão e 120m de profundidade, onde se vê um maravilhoso lago natural. O cenário do interior da mina impressiona a todos. A temperatura é estável o ano todo, entre 17 a 20 graus Celsius. Desde a sua fundação no início do século XVIII, foram retiradas aproximadamente 35 toneladas de ouro. É um pouco mais afastado da cidade a aproximadamente 20 minutos de carro ou ônibus, localizada entre Ouro Preto e Mariana, que é uma outra cidade que merece um post somente para ela.

Rodovia MG262 cerca de 15 km após entrada de Ouro Preto.
Horário de funcionamento: 9h às 17h30, diariamente
Email: contato@minasdapassagem.com.br
Valor: R$ 39,00 (adulto) e R$ 31,00 (crianças e idosos)

Mina Chico Rei

A lenda diz que Chico Rei foi um escravo vindo de uma tribo do Congo onde era um rei. Conseguiu comprar a sua liberdade roubando ouro em seus cabelos, adquiriu a mina e também mandou construir a Igreja de Santa Efigênia (assim os negros poderiam ser enterrados em uma igreja). Além disso a lenda também relata que ele foi quem introduziu o congado em Minas Gerais. Infelizmente não há documentos que comprovem a existência de Chico Rei, por isso fica dúvida se é lenda ou verdade.

Rua Dom Silvério, 108 – Bairro Antônio Dias – Ouro Preto – MG
Horário de funcionamento: 8h às 17h30, diariamente
Telefone: (31) 3552-2866
Estacionamento no local
Valor: R$ 20,00 (preço único)

Mina JeJe

Localizada dentro da cidade, em uma das ruelas de Ouro Preto a mina tem extensão de 150 metros, mas já dá para ter noção do que era trabalhar numa mina. O caminho é muito bem iluminado bem estreito e necessário usar capacete para evitar acidentes. Compensa muito para quem não tem muito tempo na cidade e quer conhecer esse lado da história do Brasil.

Rua Chicó Rei, 371 – Alto da Cruz, Ouro Preto – MG
Horário de funcionamento: 8h às 17h30, diariamente
Telefone: (31) 3552-1558
Valor: R$ 15,00 (preço único)

Igrejas

igreja

Igreja de São Francisco de Assis


Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?


São várias igrejas na cidade,  cada uma mais bela que a outra, com trabalhos artesanais espetaculares muitos deles utilizando ouro e feitos por artesãos famosos como Antonio Francisco Lisboa o Aleijadinho. Não é atoa que Ouro Preto foi o primeiro local nomeado como patrimônio cultural da Unesco no Brasil. Para visitação de algumas Igrejas é necessário o pagar. Além disso,  algumas também não deixam o visitante fotografar. Compensa muito visitar pelo menos uma para você vislumbrar os trabalhos artesanais realizados, são pinturas, imagens, esculturas, acabamentos, altares e pilares de uma beleza indescritível.  Abaixo um pequena lista com algumas delas:

  • Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Misericórdia
  • Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões
  • Igreja de Nossa Senhora do Monte Carmelo
  • Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Brancos
  • Igreja de Senhor Bom Jesus de Matozinhos
  • Igreja de Santa Efigênia
  • Igreja de São Francisco de Assis
  • Igreja São Francisco de Paula
  • Igreja de São José
  • Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar
  • Santuário da Imaculada Conceição

Lavras Novas

rapel

Cachoeira do Rapel – Lavras Novas

É um distrito da cidade de Ouro Preto e fica cerca de 19 km, cercado de cachoeiras e de muita aventura. Dentre os passeios damos destaque ao Mirante da Pedra, Mirante do Salto, Cachoeira dos Prazeres , Cachoeira do Rapel, Cachoeira dos namorados e Cachoeira dos três Pingos.  É um lugar de extrema beleza à beira das serras do Trovão e da Chapada.

Mais informações desse maravilhoso lugar aqui.

Parque Itacolomi

Para os mochileiros que gostam do contato com a natureza esse parque vai lhe surpreender. É uma reserva estadual cercada pela mata atlântica totalmente preservada, com uma vista esplêndida da natureza e da cidade de  Ouro Preto ao mesmo tempo. Do ponto inicial  do parque até o cume são 7km de subida, digamos que seja uma subida de nível fácil para alguns e nível médio para outros, não é necessário guia.

Parque Estadual de Itacolomi

O Parque dispõe de Centro de Visitantes, Museu do Chá e Casa Bandeirista, além de trilhas interpretativas e atrativos naturais. Possui área de camping, conta com estrutura de apoio, inclusive restaurante, devendo ser agendada a permanência no camping, pois o número de barracas é limitado.

O acesso fica entre os municípios de Ouro Preto e Mariana. A partir de Ouro Preto, segue-se a BR-356 até o entroncamento com a MG-262, em direção ao parque. Outra opção é seguir, a partir do sul da cidade, a Rua Pandiá Calógeras, atravessar a estrada e seguir as trilhas sinalizadas.

Horário de funcionamento:08:00 às 17:00h de terça-feira a domingo e feriados
Telefone: (31)3551-6193

Trem da Vale (Ouro Preto x Mariana)

Uma opção para quem quer conhecer a cidade vizinha Mariana é ir pelo trem da Vale que possui uma vista do que é o estado de Minas Gerais. Com muitas curvas e desfiladeiros dentre as montanhas e minas, a paisagem é única e certamente vale a experiência. Além disso é possível ir e voltar no mesmo dia saindo de Ouro Preto.

tremdavale

Embarque em Ouro Preto

Sexta e Sábado: 10h e 14h30
Domingo: 10h  e 16h
Tel: (31) 3551-7705 – Endereço: Praça da Estação – Barra

Embarque em Mariana

Sexta e Sábado: 13h e 16h
Domingo: 14h30
Tel: (31) 3558-3104 – Endereço: Praça Juscelino Kubitschek – Centro

Mais informações e preços aqui.

Museus

A cidade possui diversos museus, afinal grande parte da história do Brasil passou-se por Ouro Preto a antiga Vila Rica. Entre os museus destacamos o da Inconfidência, museu de ciência técnica da escola de Minas e a casa dos contos.

Museu da Inconfidência

museu

Museu da Inconfidência (ao fundo)

É um museu histórico e artístico que ocupa a antiga Casa de Câmara e Cadeia de Vila Rica e mais quatro prédios auxiliares é dedicado à preservação da memória da Inconfidência Mineira e também oferece um rico painel da sociedade e cultura mineiras no período do ciclo do ouro e dos diamantes no século XVIII, incluindo obras de Manuel da Costa Ataíde e Aleijadinho. Localiza-se na praça Tiradentes (a principal da cidade), em frente ao monumento Joaquim José da Silva Xavier, o mais famoso ativista da Inconfidência.

Praça Tiradentes, 139
Fone: (31) 3551-4977 / 3551-5233
Horário: terça a domingo, das 12h às 17h 30
Preço: R$ 5,00 e meia-entrada

Casa dos contos

Originalmente, em 1784, foi residência e “Casa de Contratos” destinada ao recolhimento de impostos.  Em seu interior, exposições documentais, numismáticas da Casa da Moeda do Brasil e do Banco Central do Brasil e outras mostras culturais que, junto ao mobiliário e singular arquitetura, compõem o seu Museu.

Época de ouro que nós brasileiros pagávamos somente 20% de imposto de renda rs. Para completar em uma de suas laterais existe uma agência da receita federal (é sério).

Endereço: Rua São José, 12
Horário: domingo, das 10h às 16h; segunda-feira, das 14h às 18h
Terça-feira a sábado, das 10h às 18h
Preço: R$ 3,00

Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas

Encontra-se no antigo Palácio dos Governadores, erguido em 1741 por Manuel Francisco Lisboa, pai de Aleijadinho, reúne cerca de 20 mil amostras de rochas e minerais de todo o mundo, com destaque para uma sala que reproduz o interior de uma mina de ouro.

As coleções estão dividas em setores: Mineralogia, História Natural, Mineração, Metalurgia, Física, Astronomia, Topografia, Desenho e Biblioteca de Obras Raras, com 23.000 volumes. Cada setor tem dias específicos para a abertura ao público.

Endereço: Praça Tiradentes, 20
Fone: (31) 3559-3119 / 3559-3118
Horário: terça a domingo, das 12h às 17h Setores Astronomia, Desenho e Topografia: abertos aos sábados, das 20h 0 às 23h.
Preço: R$ 4,00 e meia-entrada

Expressões provavelmente nascidas em Ouro Preto

santodopauoco

Imagem santa com interior oco

Santo do pau oco

1 – Os escravos roubavam o ouro escondendo em vários lugares entre eles dentro das imagens de santos, daí vem o dizer “Santo do pau oco”.

Lavar a égua

2 – Ainda sobre esconder o ouro, eles também passavam uma espécie de óleo nas éguas para que o ouro (praticamente o pó) grudasse no pelo. Para retirar esse ouro era necessário “Lavar a égua” com água, daí nasceu essa expressão.

Quinto dos infernos

3 – Como todos sabem a coroa portuguesa cobrava o famoso quinto (equivalente a 20%) de tudo que extraído nas minas, daí a famosa expressão ”Quinto dos infernos”.

Festas

A cidade também é bem conhecida devido as muitas festividades e vamos as principais:

Carnaval

O carnaval é um dos melhores do Brasil sem sombra de dúvidas, atrai pessoas do país e do mundo inteiro. Para quem gosta de cair na folia é um ótima opção.

Basicamente existem diversos blocos espalhados pela cidade e o visitante compra o acesso para um ou mais dias. Por ser uma cidade universitária também existem as republicas onde acontecem as festas. Ainda sobre as republicas, elas também são opções para hospedagem barata fora das épocas de festa.

Festa do doze

A festa reúne os ex-alunos da Universidade Federal de Ouro Preto e acontece em outubro, durante o feriado do dia 12. O evento extrapola os limites da instituição e espalha-se pelas repúblicas de estudantes. Nas boates das repúblicas a festa nunca tem hora para terminar. Durante o dia, a bagunça acontece nos bares, praças e largos. Costuma acontecer shows grandes na praça Tiradentes.

 Festival de inverno

Considerado um dos maiores eventos do estilo no Brasil, resume-se em 2 semanas com várias oficinas, atrações e eventos culturais espalhados pela cidade. São artistas que vem de todo país para divulgar a sua arte. Todo ano acontece entre junho e julho. Para mais informações clique aqui.

 


Já conhece Ouro Preto? Dicas e sugestões são bem vindos! Caso tenha dúvidas comente!

Leia também

Tailândia, Laos e Camboja em 24 dias (B) Essa é a segunda planilha detalhada (ROTEIRO B) de nosso último mochilão pelo sudeste asiático! Como escrevemos no post anterior sem dúvidas foi uma d...
Como não se decepcionar com o Salar de Uyuni Em 2015 quando viajamos para Bolívia, visitamos um dos lugares surreais do país, o Salar de Uyuni, maior deserto de sal do mundo. Nos surpreendemos c...
_ Capitólio e região, o mar de Minas Gerais Quem disse que minas não tem mar? Tem sim uai! O Mar de Minas é a represa de furnas que fica no sul de Minas Gerais aos pés da serra da Canastra. Poss...
Dicas para viajar a Ushuaia (ainda que você odeie a palavra “dica”)! Roupas Levar roupas adequadas. Que sejam quentes, cómodas e impermeáveis. Nada de sapatilhas ou botas elegantes e desnecessárias. O importante é não ...
Curiosidades sobre San Pedro de Atacama San Pedro de Atacama é um povoado que está localizado na região de Antofogasta, ao norte do Chile. Um oásis no meio do deserto e tem fama internaciona...
Relato – Bolívia, Chile e Peru em 21 dias – Parte 1 Esse é o relato detalhado do roteiro de 21 dias pela Bolívia, Chile e Peru. Para ver o roteiro clique aqui. 1º dia Encontro em Guarulhos com galerin...

Ouro Preto - MG, Brasil

Como chegar